Dinheiro, 23 de Agosto de 2017

Como ganhar dinheiro com aplicativos mobile?

mesa-admin

Mesa Mobile Thinking

Com o mercado de aplicativos mobile aquecido, é comum que cresça o interesse de empresas querendo se inserir nesse meio. Os números são animadores. Para se ter uma ideia, o crescimento do uso de apps em dispositivos móveis foi de 58% em 2015, segundo a Flurry (uma das maiores plataformas de Mobile Analytics do mundo).

Entre as categorias que mais cresceram estão os aplicativos de customização, notícias, produtividade e compras. As empresas que operam nesses segmentos enxergaram no mercado mobile uma oportunidade de ganhar dinheiro e expandir seus negócios.

E você, tem ideia de como gerar receitas com aplicativos? Neste post, mostraremos 5 maneiras de como tornar um app uma fonte de faturamento para o seu negócio. Confira!

Com anúncios em espaços publicitários
Como a maioria dos aplicativos é oferecida gratuitamente para downloads, uma forma que as empresas encontraram de ganhar dinheiro foi por meio dos anúncios mobile. Aliás, plataformas como o Google Admob já fazem essa intermediação entre desenvolvedores e anunciantes.

Os anúncios podem vir em formato de banners ou pequenos vídeos. De todo modo, a ideia é preservar a boa experiência dos usuários, de modo que eles não sejam prejudicados com o uso do app em função das propagandas.

Outra maneira de vender espaços publicitários é negociando diretamente com os anunciantes. Para isso, é fundamental divulgar o seu aplicativo, torná-lo bastante conhecido e conquistar uma boa base de usuários para aumentar o seu poder de negociação e conseguir melhores valores.

Com a venda de seus produtos e serviços dentro do app
O seu aplicativo também pode ser uma extensão da sua loja física ou virtual e se tornar um m-commerce. Se você já costuma vender seus produtos e serviços em outros canais, pode também ofertá-los pelo app. Essa é uma boa alternativa para os consumidores, já que a interface de um aplicativo facilita a pesquisa e a compra direta pelos smartphones e tablets.

Não é difícil encontrar grandes marcas que levaram a venda de seus produtos e serviços para os aplicativos, como a Americanas.com, Latam e Amazon.

Com a venda do aplicativo para investidores
A venda de apps para terceiros geralmente se dá por dois motivos, que, por muitas vezes, são complementares:

Eles resolvem um problema de mercado de forma única e marcante, ou seja, é uma grande ideia;

Eles já foram baixados por milhões de usuários pelo mundo, isto é, se tornou famoso e atinge uma grande base de consumidores.

Esses fatores atraem o interesse de investidores de todos os cantos do mundo. Nesse momento, você tem outras duas boas opções de venda:

Vender uma porcentagem das suas ações para investidores-anjo ainda na fase de desenvolvimento do projeto – tentar convencê-los pelo projeto e oferecer ganhos de acordo com seus lucros;

Vender 100% do seu aplicativo após sua consolidação no mercado, como fez o WhatsApp com o Facebook.

Com o download do software na loja de apps
Não é muito comum ver aplicativos cobrando do público pelo download. Não é um meio muito eficaz e costuma ser bastante arriscado. Pode, eventualmente, dar certo quando o seu app tem uma proposta de valor muito interessante e que convença o público de que valha a pena desembolsar uma grana para adquirir o uso, como no caso de livros, playlists musicais e filmes.

Com a criação de uma versão premium do aplicativo
Em vez disso, o que muitos aplicativos propõem é a liberação gratuita de recursos limitados para o público. Dentro do app, o público fica livre para obter uma versão mais completa do software liberando mais recursos e uma experiência mais enriquecedora. É o que costumam fazer alguns apps de sistemas mobile de gestão, cursos de idioma e games.

As formas como você pode ganhar dinheiro com aplicativos mobile dependerão das características e popularidade do seu app. Quanto mais relevantes forem suas funcionalidades, melhor for sua usabilidade e mais downloads o software tiver, maiores as possibilidades de sua empresa faturar. Afinal, uma grande base de potenciais clientes é um ativo valiosíssimo para negociar com investidores e anunciantes, e para a promoção das suas próprias ofertas.

Para acompanhar nossas novidades e outros conteúdos sobre aplicativos mobile, siga nossas páginas no Facebook, Twitter, LinkedIn e Instagram!

mesa-admin

Mesa Mobile Thinking

Comentários

Categorias

Arquivo

Instagram

Siga-nos!

Facebook

Veja Também
VISITE NOSSO SITE

Mesa - Copyright ® 2015